Conectar com a gente

Olá, o que procura?

K-pop

Jungkook, do BTS, testa positivo para Covid-19 ao chegar nos EUA e sintomas são revelados

Por conta da quarentena, presença do idol no Grammy é incerta.

Jungkook, do BTS
Jungkook, do BTS (Imagem: Reprodução/Big Hit Music)

Jungkook, do BTS, testou positivo para Covid-19 na última segunda-feira (28), segundo informações que foram divulgadas pela Big Hit Music, agência do grupo de k-pop. O cantor realizou um teste PCR após chegar nos Estados Unidos para cumprir compromissos no país.

Propaganda. Role para continuar lendo.

★ SIGA O TEEN POP NO TWITTERFACEBOOK E INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO UNIVERSO POP!

Para se recuperar do vírus da pandemia, Jungkook está em quarentena. Além disso, o idol está seguindo as recomendações das autoridades de saúde dos EUA e não parece demonstrar sintomas da doença.

Propaganda. Role para continuar lendo.

“Ele está em quarentena e tratamento, seguindo as orientações das autoridades de saúde dos Estados Unidos. Ele não está exibindo qualquer sintomas além de uma leve dor de garganta e nós iremos monitorar sua saúde atenciosamente durante a quarentena”, diz a nota da BigHit.

Se você não sabe, outro integrante do BTS também testou positivo para o vírus. Trata-se de J-Hope, que foi diagnosticado com a doença em 24 de março. Vale lembrar que os meninos estarão com o grupo no Grammy, que está marcado para acontecer no próximo domingo (3).

Propaganda. Role para continuar lendo.

A presença de Jungkook no evento está incerta, pois o idol precisa se recuperar do Covid-19. Vale lembrar que o BTS também realizará shows em Las Vegas nos dias 8, 9, 15 e 16 de abril.

Jungkook, do BTS
Jungkook, do BTS (Imagem: Reprodução/BigHit Music)

Jungkook desabafa após fãs não poderem cantar o gritar em show de Seul

Em 10 de março, aconteceu o primeiro show do BTS em Seul, o BTS Permission To Dance On Stage, após a pandemia da Covid-19. A Big Hit Music havia emitido um comunicado aos fãs para que eles seguissem o que o governo recomendava, como não gritar ou falar na apresentação.

LEIA TAMBÉM: Britney Spears acusa Justin Timberlake de usá-la para a fama em desabafo polêmico

Propaganda. Role para continuar lendo.

Torcer alto, gritar, cantar e ficar de pé durante a ‘BTS Permission To Dance On Stage – Seoul’ é estritamente proibido de acordo com as diretrizes do governo”, dizia o comunicado da empresa.

Por conta das proibições, Jungkook fez um desabafo aos fãs.  “Finalmente, depois de dois anos, embora parecessem 23 anos, consegui me apresentar na Coréia. Tipo, uau, finalmente”, começou o idol.

Propaganda. Role para continuar lendo.

“No geral, me senti extremamente feliz hoje. Simplesmente extremamente feliz. E, para ser sincero, me senti em casa […] “A questão é que, especialmente na Coréia, eu costumo ouvir os fãs cantando e cantando comigo […] Eu não consegui ouvir isso hoje, no entanto. E isso tornou muito difícil para mim hoje, para me apresentar”, continuou o astro.

Momento difícil…

Para Jungkook, fazer um show com as proibições do governo foi algo realmente difícil: “Quero dizer, ainda era incrível. Mas achei difícil. [foi] meio difícil para mim”.

Propaganda. Role para continuar lendo.

Era tipo, eu estava olhando para os ARMYs bem na frente dos meus olhos, mas eu não estava ouvindo nada [da plateia] e eles não conseguiam se levantar e dançar nem nada. Eles tiveram que ficar sentados. Sim, foi apenas difícil de assistir“, completou.

Assista ao vídeo em que Jungkook fala com os fãs sobre as proibições do show em Seul, após a pandemia:

Propaganda. Role para continuar lendo.

Propaganda. Role para continuar lendo.

VOCÊ JÁ LEU?

Famosos

Atriz abriu o coração para explicar aos fãs o que está acontecendo.

K-pop

O grupo feminino debutou em 2015 e fez seu último comeback em setembro de 2020.

Propaganda

COPYRIGHT © 2020 - 2022 TEEN POP. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. Proibida a reprodução total ou parcial deste website sem autorização por escrito de seu proprietário.