SIGA O TEEN POP

Olá! Digite o que procura

K-Pop

Jin, do BTS, ajuda fã brasileira a escapar de assalto; entenda essa história

Estudante de 21 anos mora em Curitiba e explicou como evitou o assalto.

Jin do BTS no exército
Jin do BTS no exército (Foto: Instagram)

Uma jovem paranaense de 21 anos conseguiu se livrar de um assalto por carregar um celular com a capinha do Jin, um dos integrantes do BTS. No photocard, o idol sul-coreano aparece de farda, já que está no serviço militar obrigatório na Coreia do Sul.

Em entrevista ao RIC Mais, Natali Vitoria Ramos Reis, que estava saindo do curso à noite em em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no Paraná, foi surpreendida pelo criminoso no ponto de ônibus.

+ Conheça a mulher que grita ‘ATTENZIONE PICKPOCKET’, meme que viralizou no TikTok

“Quando ele conseguiu pegar o celular da minha mão, ele virou o aparelho e ficou olhando pra minha capinha onde tem a foto. Ele deve ter pensado: ‘ih, o namorado dela é militar, não vou roubar’”, disse Natali. Em seguida, a estudante explicou que o assaltante devolveu o celular e saiu correndo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O alistamento do BTS

Jin precisa cumprir sua passagem pelo exército sul-coreano, que dura 18 meses. Na Coreia do Sul, homens entre 18 e 29 anos são obrigados a se alistarem por lei a fazerem isso.

+ Roteiro de Barbie quase foi barrado e você precisa entender o motivo

Quanto ao BTS, Jin foi o primeiro a fazer seu alistamento, seguido por J-Hope. Logo será a vez de Suga e, depois, RM. Em seguida, Seguidos de JiminTaehyung Jungkook estarão cumprindo a agenda militar. O grupo só deverá se reunir novamente em 2025.

Jin, do BTS, no exército
Jin, do BTS, no exército (Imagem: Reprodução)

➥ Siga o Teen Pop no TwitterInstagram e Facebook

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

VOCE PODE GOSTAR

Influencers

Criador de conteúdo capotou o carro após sair de uma festa em Goiânia.

Copyright © 2021 - 2024 Teen Pop. Todos os direitos reservados. Fica proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste website sem autorização prévia, expressa e por escrito de seu proprietário.